terça-feira, 2 de maio de 2017

Segredo.02.17


25 comentários:

  1. ?!?1 ou seja.. só estava com ele por causa do filho? :(

    ResponderEliminar
  2. parece que não valorizas muito o teu companheiro...

    ResponderEliminar
  3. Que pena que não haja amor da tua parte para com ele para superar um tal sentimento realmente injusto para ele, que sofre o mesmo ou pior que tu.......
    Até parece que estavas com ele so por causa do bébé.
    ASsim sendo, mais vale cada um seguir o seu caminho... mas é muito triste, que se chegue a tal ponto

    ResponderEliminar
  4. A tua vida parece feita de tristeza e perdas. Após perder o teu filho, pareces disposta a perder agora o teu marido. E o que é que se seguirá depois? quando te olhares ao espelho e recordares o teu marido que por sua vez faz-te recordar o teu filho irás fazer o quê? vais-te perder a ti própria?

    ResponderEliminar
  5. Compreendo pelo que estão a passar..Em geral, os homens são mais objetivos, perante o sofrimento, fazem coisas. As mulheres sentem, são mais emoções. O simbolismo é diferente para cada um. Quando o casal enfrenta o luto de forma oposta, o luto de um agride o luto do outro e isso leva ao divorcio ou separação.

    NM
    NM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mentira. Os homens mostram menos as emoções, o que não significa que não sentem!

      Eliminar
    2. Com o "fazer coisas" quis-se dizer "mantém-se ocupados".

      Eliminar
  6. Não quero ser insensivel nem nada do genro, mas são coisas como estas que me deixam supreendida e até um pouco irritada, então perdes-teo teu filho e em vez de te apoiares no teu marido para conseguires superar, dizes que não queres estar com ele? afinal de amor tens por ele? desculpa mas não o deves amar assim tanto para pensares assim. Ele também sofre com a perda do filho, gostavas que ele fosse ter contigo e fala-se que não queria mais estar contigo porque lhe lembras o filho que perderam? acho que não ias gostar nada, para e pensar no que dizes e queres fazer de verdade, para daqui para a frente olhares a tua volta e veres o que fizes-te e não te vires arrepender da escolha. Juro que não entendo certos casais, perdem um filho e em vez de se apoiarem, mete-se cada um para um canto e acabou tudo, não entendo mesmo. Lamento muito a perda do vosso filho, porque não procuras ajuda para ultrapassar o que sentes? fala abertemente com o teu marido, ajudem-se um ao outro, sei que nunca te vais esquecer do teu filho, mas com o tempo vai doer menos. Seo que um filho não vem substituir outro, mas sempre podem voltar a ter mais filhos. Não desistas da vida! E desculpa se pareci insensivel não era a minha intenção!

    ResponderEliminar
  7. A pessoa veio aqui contar um segredo, não para ser agredida! Nada será pior na vida que perder um filho e tomara todos nós não sabermos o que isso é e como iriamos reagir. Por vezes reagimos a determinadas situação de forma completamente oposta ao que esperavamos... pensem nisso, não critiquem

    ResponderEliminar
  8. Por vezes, fugir dos problemas nao é a melhor solução. Enfrenta tudo de cabeça erguida, faz isso por ti.

    ResponderEliminar
  9. Tantas certezas por aqui...
    Perder um filho é das piores, se não mesmo a pior, dor do mundo. Para mim seria seguramente a maior.
    Não sei como seria a minha vida sem o meu filho (tenho pavor de que lhe aconteça algo). Tenho para mim que não saberia viver.
    Não tenho maia palavras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai credo! Que sufoco! Não entendo a sua linha de pensamento porque os filhos não são nossos apenas nasceram de nós e devemos encaminha-los para uma vida adulta. Para a autora: há coisas que não têm de ser, não é o fim do mundo, o seu marido não é culpado do que aconteceu e podem sempre tentar outra vez :)

      Eliminar
    2. Anónimo 12:04,

      Os filhos nascem de nós, a vida é deles, o caminho a percorrer é deles. Educo o meu filho para a vida e para o mundo, para ser livre e independente.
      Um filho seguir o seu caminho é uma coisa, um filho morrer é algo completamente diferente. E sim, sufocante ou não, seria uma dor insuportável para mim.

      Eliminar
    3. A minha tb é assim... foi simples: vai-se estudar para longe e vive-se no estrangeiro ;)

      Eliminar
    4. anónimo 12:04, aposto que não deves ser mãe ou pai...

      Eliminar
  10. Eu não imagino o que seja passar por uma perda assim. Mas compreendo que fiquemos mais sensíveis a tudo e que as nossas vontades podem não fazer sentido a quem vê de fora.

    O que sentes é normal :)
    Estás a fazer o luto.

    Pede ajuda profissional e sê honesta relativamente ao que sentes, até com o teu companheiro. Às vezes essa sinceridade abre portas e muitas vezes queremos algo como forma de ganhar controlo juntos. Quem sabe se ele não pode tornar-se uma ajuda (: e tu para ele.

    São tudo hipóteses...
    Faz o que o teu coração mandar!

    Beijinho do tamanho do mundo

    ResponderEliminar
  11. Claro o momento que estás a passar não é fácil.
    Todas as decisões que possas a vir a tomar, sê ponderada e boa sorte!

    ResponderEliminar
  12. Entendo. Perdi o meu e por não sabermos fazer o luto em conjunto afastamos nos. Divorciei me nem um ano depois...

    Desejo te tudo de bom. Que tenhas muita Luz no teu caminho.

    ResponderEliminar
  13. Não entendo... até parece que a culpa é dele (que não é de ninguém, note-se) não percebo esses amores... ou não amores.

    ResponderEliminar
  14. Há um filme chamado "O desaparecimento de Eleonor Rigby", na verdade são dois filmes,que narram a história de um casal após a perda da filha bebe e como cada um fez o luto. São dois filmes que mostram a perspetiva dos acontecimentos dos dois. Penso que está muito bem conseguido. E pode, de alguma forma ser uma ajuda...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até pensava que eram três filmes...

      Eliminar
  15. Se calhar até são três. Eu só vi dois. A versão dela e a versão dele.

    ResponderEliminar
  16. Procurem um psicologo. Eu trabalho nessa área e isso é super comum acontecer no casal quando se perde um filho.

    ResponderEliminar