terça-feira, 4 de julho de 2017

Segredo.04.14


11 comentários:

  1. Olhando de "fora da questão" existe algo, no sexo, q te de excitação/prazer? (posição, lugar, vestiário). Podes ainda n ter descoberto as zonas do teu corpo, posições e até parceiros que saibam o que fazer na hora de retirar e de te dar prazer!

    ResponderEliminar
  2. E ja entendeste qual a tua orientação sexual? Pensa nisso. :)

    ResponderEliminar
  3. Há ajuda especializada.
    Antes disso, o diálogo com o parceiro é fundamental, o problema pode ser seu, mas minimizado se tem ao seu lado alguém disposto a melhorar consigo.

    ResponderEliminar
  4. Numa sociendade altamente sexualizada parece que é crime nao gostar de sexo, entao as pessoas que escolhem nao o fazer sao intituladas como atrasadas.
    Acho isso patetico.
    No seu caso, pode ter algum desconforto relacionado com questoes medicas, ou pode simplesmente nao gostar, só isso.
    Nao gosta, pronto. Gosta de outras coisas na vida.

    ResponderEliminar
  5. entendo parte do que sente, adoro o sexo mas tenho dificuldades em atingir o orgasmo mas temos que apreender a chegar lá de outras formas... percebo a sua questão mas a pessoa que está connosco também faz parte da equação. Conversem e procure outras posições e outras coisa e descubra a o que a possa satisfazer...

    ResponderEliminar
  6. Este segredo poderia ser 100% meu, há uns anos atrás quando pensava ser hetero. ;)

    ResponderEliminar
  7. Talvez ainda não tenhas descoberto o teu "soft spot". Não te deixes preocupar demasiado com essa questão, somos todos diferentes e particulares.

    ResponderEliminar
  8. Engraçado como todos pensam em tanta coisa, mas poucos pensam (será que a autora também?) que provavelmente o "problema" reside na definição da sua sexualidade. Se é com todos os homens com quem se relacionou, pode ser porque não é heterossexual, e ainda não o descobriu...ou admitiu.
    Culturalmente e socialmente estamos "formatados" para ser hetero, o que muitas vezes nos faz pensar em tudo, menos na probabilidade de não o sermos.
    Muitas mulheres infelizes sexualmente, a pensar que tem um problema físico ou psicológico, quando na verdade não se identificam (mesmo que não pensem nisso ou não o aceitem) com a intimidade sexual com um homem.
    Depois de me divorciar de um casamento de 20 anos, om 49 anos, e dois filhos adultos, percebi finalmente o porque de não me satisfazer plenamente em questões de sexo com um homem. Tal coisa, nunca, nem em fantasias, me tinha passado pela cabeça. Nunca tinha olhado para uma mulher com interesse, desejo ou fantasias, mas a verdade é que quando aconteceu...tudo fez sentido.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Arrepio :)
      Muitas felicidades :)

      Eliminar
  9. Então está na hora de pensares naquilo que realmente gostas e queres, pelo bem da tua saúde sexual. Se precisares de ajuda, dá uma vista de olhos no nosso blog.

    ResponderEliminar