quinta-feira, 20 de julho de 2017

Segredo.20.14


28 comentários:

  1. Bem bom! Eu acuso-me do contrário...
    Muito sinceramente se a atitude não for controladora parece-me bem agradável.

    ResponderEliminar
  2. Mas vivem juntos? Isso não me parece estranho se vivem separados. Isso ou uma chamada.
    Eu quando viajo recebo 1 sms por dia do meu namorado. E isso já não é normal.

    Agora se vivem juntos, mas só manda sms sem grande conteúdo para fazer conversa... é uma questão de falarem sobre isso.

    Em qualquer caso, se o incomoda, há que falar com ela.

    ResponderEliminar
  3. E? Conheço muita gente que troca ainda mais mensagens, ou que passa a vida a falar pelo messenger. Se te sentes mal com isso, tenta conversar com ela.

    ResponderEliminar
  4. Acho que há forma diferentes de viver as relações e mesmo as próprias dinâmicas entre casais tem que ser diferentes. Eu e o meu namorado falamos por sms todos os dias, durante o dia. Não vivemos juntos, só nos vemos à noite durante umas horas e vamos sempre mantendo contacto durante o dia. Temos 25 anos. Não vejo o problema. É uma forma de conversar... Mas essa é a nossa dinâmica. Pessoas diferentes vivem as relações de forma diferente.

    Se não têm esse hábito de ir trocando sms durante o dia, compreendo que estranhes receber tantas mensagens. Mas não vejo isso como um problema. Se tu achas que é um problema, então diz-lhe.

    ResponderEliminar
  5. E tu quantas sms lhe envias? respondes às sms dela?
    São sms a controlar-te ou são só para meter conversa? Ela pode querer apenas sentir-se mais próxima de ti... E não vejo mal nenhum nisso.

    ResponderEliminar
  6. Não percebo a relevância da idade. Cada um tem necessidades diferentes independentemente da idade.
    Também tenho 30 anos, se for preciso troco 10, 20, 30 mensagens por dia como só troco 3 ou 4.
    Se não gostas disso esclarece desde já, mas com simpatia.

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho 40 e troco várias sms durante o dia com o meu marido sobre assuntos da nossa vida, filho ou o que precisarmos falar....

    ResponderEliminar
  8. É melhor arranjares um hobby para a rapariga, ela parece muito desocupada. E carente, honestamente, parece-me excessivo, não teria paciência para responder a tanta sms. É saudável haver algum afastamento durante o dia, estar numa relação não requer estarem sempre em contacto. Tenho 34 anos, já agora.

    ResponderEliminar
  9. Tudo depende do tipo de mensagens que são enviadas, obviamente. Se for numa conversa, acho normal, mas o que me parece pelo segredo, é que devem ser mensagens chatinhas, e do tipo subtilmente controladoras.
    Entendo-te, sou mulher, e tb não gosto !

    ResponderEliminar
  10. Eu percebo o autor, acho 20 sms diarias um pesadelo, uma perseguição. (excepto num dia super extremo, alguem morreu, um incendio, uma situaçao que obrigue permenente contacto)
    Nao acho isso uma prova de amor. Acho prova de carencia, que esta no oposto do amor.

    Fala com ela, se ela continuar tens que dizer bloqueias o numero dela e que se ela te quiser contactar que envie um email.
    Quem nao entende á primeira e força situaçoes desagradaveis é obrigado a entender á segunda.
    Diz-lhe que queres ser amado, e nao perseguido.

    ResponderEliminar
  11. Eu e o meu namorado, quando não estamos juntos, falamos ao longo do dia. Temos sempre uma conversa contínua, não andamos a enviar mensagens a cada 15 minutos mas sentimo-nos parte do dia um do outro. Para nós funciona assim, para outros será demasiado.

    ResponderEliminar
  12. E então? É o reflexo do desenvolvimento das nossas formas de comunicação. Se não te sentires bem com isso, diz-lhe.

    ResponderEliminar
  13. A minha ex mandava mais de 100 por dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo conteudo dos comentarios acima, as pessoas acham normal.
      Eu acho uma aberraçao.

      Eliminar
    2. Só não é normal se não for normal para uma das pessoas.

      Eliminar
  14. Isso é enquanto são namorados, depois de casar passa logo tudo para menos de metade... :)))

    ResponderEliminar
  15. Se forem obsessivas é grave. Se forem normais não vejo mal.

    ResponderEliminar
  16. Eu estou junta há 9 anos, somos casados, de momento trabalhamos no mesmo negócio mas cidades diferentes e passamos o dia a trocar mensagens. Que mal tem?

    ResponderEliminar
  17. Não percebi o real problema neste segredo. Eu tenho 25 anos, moro com o meu namorado mas troco mensagens com ele na nossa hora de almoço. Passamos o dia longe um do outro e a meio do dia gostamos de falar, para saber como está a ser o dia. Não vejo qualquer mal nisso...

    ResponderEliminar
  18. e que tem a ver a quantidade de sms's com a idade?
    ou és tu que és muito novinho?

    ResponderEliminar
  19. Está insegura..e essa insegurança é em relação aos sentimentos que nutre por ela. Pense nisso antes que esse "sufoco" o faça afastar cada vez mais. é como uma bola, ela sente-se insegura, sufoca-o, você afasta-se, e puff, acaba tudo.

    ResponderEliminar
  20. Eu sou casada e trocamos muitas mensagens por dia.. E adoro!

    ResponderEliminar
  21. Sou casada e adorava trocar mensagens mas ele não liga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manda-lhe uns nudes que ele responde logo!! ;)

      Eliminar
  22. Nós temos 30 e enviamos tipo 50 ou mais mensagens por dia quando não estamos juntos. E que bom que é. Falamos de tudo e mais alguma coisa!

    ResponderEliminar
  23. Nos primeiros meses o meu namorado escrevia-me imensos sms, emails, cartas, whatsapp pela noite dentro. Agora nem responde às poucas mensagens que lhe envio. Odeio esta indiferença. Ele diz que agora telefona e que não tem paciência para escrever! Sinto me enganada. Eles prometem tudo e quando pensam que nos tem garantidas são uns preguiçosos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Típico de algumas pessoas: quando não têm, correm atrás e prometem mundos e fundos; depois de ter perdem o interesse e acham que já não têm que se esforçar. Concordo que, depois da fase da sedução e conquista, quando já há um relacionamento, é normal que as coisas "arrefeçam" nesse sentido de não ser necessário correr atrás, mas chegar a ponto de indiferença, de nem se darem ao trabalho... É o que leva muitas relações ao fracasso: acham que está garantido, já nem é preciso continuar a ser gentil, a prestar atenção, a fazer a outra pessoa sentir-se acarinhada. Fale com ele e explique que se sente descurada, que acha que ele agora não se interessa por si!

      Eliminar