sexta-feira, 21 de julho de 2017

Segredo.21.17


13 comentários:

  1. Nem eu =( não tenho interesses que me ajudem a descobrir também.

    ResponderEliminar
  2. Ninguém têm, fingem que têm!!
    eu apenas tenho uma certeza na vida, que é a morte e nem o dia sabemos.. por isso pense em alguns atos importantes e aventurase de cabeça em outros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe por acaso eu tenho.
      Sei o que quero e meto mãos à obra para conseguir. E se não consigo, tento outra vez e outra vez ou encontro outra solução!
      O mundo está cheio de oportunidades.

      Eliminar
  3. Quem te disse que os "outros" possuem certezas? Com calma, o caminho tende a revelar-se por si mesmo.

    ResponderEliminar
  4. N estás sozinho/ a. Aos 30 anos completamente perdida, vejo os outros a dar passos com a certeza que vai correr bem por exemplo:comprar casa e ficar a pagar durante mais de 40 anos com a certeza que vão ter sempre emprego que possibilite pagá-lo, eu nem alugar tenho segurança para fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pensar assim já não me admira que "não saibam o que fazer". A pensar assim mais vale ficar em casa e não fazer nada, deixar-se morrer e não viver!
      Pouco importa se se vai ter sempre emprego ou não! O que é bom na vida é que há actos de fé e riscos a tomar!
      Se quer seguranças feche-se num quarto e não sd mexa mais....
      Você acha que os seus qvós comparam a casa deles dum dia para o outro?!
      Uma vida constrói-se e toma-se riscos! É assim! Anda esta gente a deprimir por tudo e por nada e esquecem-se de viver um bocado

      Eliminar
    2. Ninguém tem certeza que vai correr bem! Se fossemos todos dar passos na nossa vida só quando tivéssemos a certeza do resultado, ninguém nunca fazia nada! Há pessoas que vivem melhor com o risco e com a incerteza, outras ficam aterrorizadas com essas possibilidades. Mas ninguém nunca detém a certeza de que as coisas vão ser exatamente como querem ou planeiam.

      Há passos na vida que são, de facto, assustadores, mas é preciso dá-los. Se não se sente segura para comprar casa, alugue, mas não deixe de viver a sua vida sempre com medo do que pode falhar.

      Não sei se é o seu caso, anónima das 18:37, nem a quero ofender, mas vejo por aí muito gente dessa idade cheia de medos de tudo e mais alguma coisa, sem arriscar, porque seguro mesmo é viver à conta dos pais, que esses ao menos têm a vidinha alinhavada. Com 30 anos já não são nenhumas crianças para estarem de volta dos paizinhos, com medo de voar, porque o mundo lá fora é incerto. Guess what? Os pais também tiveram que arriscar para agora terem a vida deles... Sermos conscientes e termos inseguranças, pensarmos duas vezes antes de arriscar, é sensato e todos deveríamos fazê-lo. Deixar de fazer as coisas porque pode correr mal é só uma parvoíce. Mais vale então nem viver.

      Eliminar
  5. Mas olha que mesmo quem parece saber o que fazer da vida, nem sempre sabe. :) Essa ideia de que aparentamos ter todas as certezas, não passa de uma ideia. Simplesmente vamos em frente! Pensamos nas coisas, ponderamos as consequências, e decidimos. Bem ou mal, só saberemos depois. Porque se há coisa que temos muito são dúvidas, incertezas e medos. Mesmo que por fora tenhamos um ar de "sim, eu sei perfeitamente o que quero e como o conseguir". Não é arrogância, a sério, é só tentar parecer bem, acaba até por ser uma defesa. :)

    ResponderEliminar
  6. Os outros antes de terem certezas também tinham dúvidas.
    As dúvidas levam-nos à procura das respostas, a busca traz-nos conhecimento e o conhecimento traz-nos confiança. A confiança, por fim, mata as dúvidas. Como vê, isto é como um ciclo. Só tem que iniciá-lo...

    ResponderEliminar
  7. Desconfio sempre de pessoas cheias de certezas ;)

    A vida é sempre uma incógnita, ninguém sabe o dia de amanhã! Vamos fazendo o que achamos melhor, como achamos melhor. Não deixes que essas dúvidas te bloqueiem e impeçam de viver!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeitamente,um colega meu costuma dizer que prefere mil vezes um sábio cheio de dúvidas do que um idiota carregado de certezas. O sábio vai tentar alcançar sempre a melhor solução enquanto que o idiota, estando errado, pode prejudicar irremediavelmente a nossa vida.

      Eliminar
  8. Muito triste se não sabe...
    É que ninguém vai saber por si...
    Eu pelo menos sempre soube o que queria. E pus mãos à obra para obter o que queria..

    ResponderEliminar
  9. Há uma grande diferença entre ter objetivos e ter certezas! Os outros podem parecer-lhe que têm muitas certezas quando na verdade têm é objetivos e perseguem-nos. Só há uma certeza na vida, que é a que vamos todos morrer e nem sequer o dia ou como vai ser sabemos. Temos é que arriscar, lutar, conquistar o que queremos. Ninguém tem certezas de nada, apenas vivemos com isso, uns melhor e outros pior.

    Agora não ter objetivos já é outra questão. Não saber o que se quer fazer da vida é algo pelo qual, pessoalmente, nunca passei. Sempre soube muito bem o que quis. Tem que ser o autor a pensar em si, na sua vida atualmente, o que gostaria que fosse diferente, o que quer que seja igual, como se imagina futuramente, o que precisa para ser feliz. Faça uma reflexão sobre isso e verá que depressa lhe surgem objetivos! Não faça é o erro de seguir os objetivos dos outros porque não quer pensar no que se adequa a si. Anda por aí muita gente infeliz pois só vive como vê os outros viverem. Têm casas, carros, casamentos, filhos, só porque os outros decidiram que querem isso para as vidas deles e eles lá fazem igual porque é mais fácil seguir a carneirada do que pensar pela própria cabeça. Se é ser assim que o faz feliz, ótimo, mas se precisa de algo diferente, go fo it!

    ResponderEliminar